sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

REAVISO INICIO ATIVIDADES 2015



Ano Novo, Vida Nova...




INFORMAMOS 

INICIO DE ATIVIDADES 2015  TURNO DA NOITE 
TERÇA-FEIRA/ QUINTA-FEIRA / SEXTA-FEIRA 

RETORNO SEXTA -DIA 19/02/2015 A PARTIR DAS 19HS 


 TERÇA-FEIRA A TARDE EM FÉRIAS  DATA DE RETORNO A INFORMAR ..

QUINTA-FEIRA A TARDE ATENDIMENTO NORMAL 



MÉDIUNS  TRABALHO DE LIMPEZA 
PREPARAÇAO PARA O INÍCIO DAS ATIVIDADES 2015
 NO  DIA 18/02/2015  AS 19HS

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

MENSAGEM DE FINAL DE ANO 2014 ....

O Alvorada Cura encerra mais um ano com muito a agradecer ; agradecer pelos novos amigos e pelos velhos amigos que se mantem conosco nesta caminhada de evolução, agradecer pela visita do Eurípedes e pelas abençoadas palavras em sua palestra, agradecer pelo nosso sucesso no Jantar deste ano, agradecer pelos alunos e professores que fizeram acontecer o curso de apometria , agradecer pelo sonho já realizado e iniciado da sede própria de nossa casa o que nos permitira ampliar os nossos atendimentos , agradecer pelo salto quântico que nosso grupo deu neste ano tendo a oportunidade de ser canal para a cura e atendimento de muitos irmãos ,  agradecer pela publicação do livro Jasmim e pela oportunidade de começarmos o terceiro livro de nossa casa , agradecer ao grupo de médiuns que se dedicou aos trabalhos, agradecer aos amigos da espiritualidade que nos proporcionam essa experiência de aprendizado, resgate , amor e caridade , agradecer a todos que fizeram o Alvorada acontecer;  enfim agradecer muito ao Mestre Jesus e toda a espiritualidade por tudo .
                                           
                                                              MUITO OBRIGADO !!!

 
 
Como diz Emmanuel  "A Felicidade não entra em portas trancadas" então nossos votos sinceros de que em 2015 todos tenhamos nossas portas abertas ao Amor, abertas a Felicidade, abertas a Caridade, abertas ao Perdao , e que possamos todos  vivenciar um ano Iluminado, Abençoado , cheio de desafios mas tambem cheio de vitorias , cheio de superações  que venha o Ano Novo !!
 
 
 
 
Boas Festas e um magnifico inicio de ano a todos !!
 
Que Deus esteja sempre conosco !!!
 
 
REINICIO DOS TRABALHOS DO GRUPO DA NOITE NO ALVORADA DIA 19/02/2015  

SOBRE PASSE ...

Passe é instrumento de cura magnética

 
fonte:
Cláudia Santos
Afinal, o que é doado quando alguém dá um passe? Qual é o mecanismo dessa doação? E quem recebe? Por que, normalmente, sente um grande bem-estar? E o que esse alguém recebe? Pode o passe curar alguém? O passe é, sem dúvida, uma atividade que traz muitas dúvidas a quem o realiza e a quem o recebe.
As respostas a essas perguntas tão importantes podem ser encontradas nas fontes da Doutrina Espírita, principalmente nas obras de Allan Kardec e nas de Chico Xavier / Emmanuel. Elas indicam, inclusive, que o passe não é apenas um instrumento de bem-estar íntimo, mas também de cura magnética.
Marlene Nobre, presidente das Associações Médico-Espíritas do Brasil e Internacional, fez um estudo detalhado do passe e afirma que, sem sombra de dúvida, “estudar o passe é descobrir que ele é também cura magnética – uma terapêutica simples, sem contraindicação, que tem beneficiado milhares de criaturas humanas”.
Para falar algo sobre o passe é preciso, antes, fazer referência à existência do fluido magnético ou da energia vital, que é patrimônio de todos os seres humanos, mas cuja natureza ainda é desconhecida. Assim como existe a transfusão de sangue, também há a possibilidade de se transfundir energias vitais de um ser para outro. Assim, deve-se ter ciência que o passe é, justamente, uma transfusão dessas energias vitais.

Do ponto de vista espiritual, segundo Marlene, que neste mês está lançando O Passe como Cura Magnética, da FE Editora, um livro mais compacto que responde mais diretamente a essas e outras perguntas sobre o tema, a transfusão de fluido magnético ou vital, que é feita durante o passe ou a realização de cirurgia espiritual, pode ser fator de bem-estar e de cura de afecções e doenças diversas. “De um modo geral, os que lidam com a saúde humana ainda não o levam em consideração, por se tratar de terapêutica que envolve a transfusão de energias ainda desconhecidas, não detectáveis do ponto de vista dos sentidos corpóreos”, avalia.

Folha Espírita – Por que cada pessoa tem um tipo diferente de passe? Isso faz diferença para quem o recebe?
Marlene Nobre
– O fluido magnético é derivado do fluido universal ou plasma divino, que está presente em todo o Universo e é a matéria elementar, que dá origem a todas as coisas. Cada pessoa transforma esse fluido universal em um fluido magnético próprio. Assim, a matéria elementar é igual para todos, mas cada um a modifica segundo seu grau de evolução espiritual. Há, portanto, um tipo de passe diferente para cada passista, porque o fluido magnético dele está impregnado dos pensamentos e ações que lhe são próprios.

FE – Tipos diferentes de passe fazem diferença para quem os recebe?
Marlene
– Há uma característica de restauração sempre inerente ao fluido magnético, seja qual for a sua origem, porque é ele que permite a ação do espírito sobre a matéria. Os resultados terapêuticos do passe vão variar segundo a quantidade e a qualidade de produção e também a velocidade e intensidade da ação. E, é claro, do grau de absorção de quem o recebe. Mas não podemos esquecer um dado muito importante: o passe na casa espírita é misto, quer dizer, o passista não doa tão-somente o fluido magnético que lhe é próprio, mas também o do mentor que o ajuda no serviço de doação.

FE – Não existem outras obras que já tratam do assunto?
Marlene
– De fato, existem muito bons livros sobre o tema. No entanto, o passe é uma atividade que traz muitas questões a quem o realiza e a quem o recebe. Frequentemente surgem dúvidas: o que é que se doa? Como se doa? Quem doa? Quem recebe? Para respondermos mais diretamente a essas perguntas, organizamos uma espécie de curso de reciclagem de passes em nossa casa espírita, que acabou dando origem ao livro. Ele faz um estudo detalhado da ação dos pensamentos na produção dos fluidos magnéticos e dos seus possíveis mecanismos de aplicação nas diferentes modalidades de cura.

FE – Então, por que também resolveu escrever sobre o tema?
Marlene
– O passe é o que Léon Denis chama de “medicina dos humildes”. Assim, minha ideia, ao escrever essa obra, é mostrar a maneira mais simples e eficaz de aplicar os passes em auxílio aos doentes, principalmente aos mais carentes. Na verdade, estudar o passe é descobrir que ele é também cura magnética – uma terapêutica simples, sem contraindicação, que tem beneficiado, gratuitamente, milhares de criaturas humanas. Se for aceito e empregado normalmente como terapêutica complementar em favor da saúde humana, irá beneficiar muito mais.

"O fluido magnético ou vital é patrimônio de todos os seres. Transmitido no passe ou durante cirurgia espiritual, pode ser fator de bem-estar e de cura de afecções e doenças diversas. O passista que serve aos semelhantes de forma ética, dando de graça o que de graça recebeu, é auxiliado por mensageiros da luz, que mesclam suas energias às dele, aplicando utilmente suas forças radiantes."




TIPOS DE PASSES

fonte : http://www.seratlanta.com

  Os passes podem ser classificados em três categorias: Passe magnético, Passe espiritual e Passe misto. Se pudermos abrir um parênteses, aproveitamos o esclarecimento para dizer que ocorre o mesmo em relação à fluidificação das águas. Vejam as figuras:

 


 
a) Passe magnético

É um tipo de passe em que a pessoa doa apenas seus fluidos, utilizando a força magnética existente no próprio corpo. Pelo menos em tese, qualquer criatura pode ministrá-lo (como a ciência tem comprovado através dos trabalhos no campo do Magnetismo Animal). No caso do homem, as qualidades magnéticas desta transferência de energia variam segundo a condição moral do passista, sua capacidade de doar fluidos e seu desejo sincero de amparar o próximo.
 
No passe magnético, geralmente se recebe assistência espiritual. Isso acontece porque os Espíritos superiores sempre ajudam aqueles que, imbuídos de boa vontade, atendem aos mais carentes.
 
Lembramos aqui, que o socorro dos Benfeitores é independente da crença que o passista ou magnetizador possa ter em Deus ou na Espiritualidade. Os Espíritos disseram a Allan Kardec, em "O Livro dos Médiuns", questão 176 :

"...muito embora uma pessoa desejosa de fazer o bem não acredite em Deus, Deus acredita nela".

b) Passe espiritual

É uma espécie de magnetização feita pelos bons Espíritos, sem intermediários, diretamente no perispírito das pessoas enfermas ou perturbadas. No passe espiritual o necessitado não recebe fluidos magnéticos de médiuns, mas outros, mais finos e puros, trazidos dos planos superiores da Vida, pelo Espírito que veio assisti-lo.
 
Pelo fato de não estar misturado ao fluido animalizado, o passe espiritual é bem mais limitado que as outras modalidades de passes. Com isso, pode-se compreender que os recursos oferecidos nas reuniões públicas de Espiritismo, onde participam grande quantidade de encarnados e Espíritos desencarnados, são bem maiores do que aqueles que podemos contar em nossas residências, só com a ajuda do anjo guardião.

c) Passe misto

É uma modalidade de passe onde se misturam os fluidos do passista com os da Espiritualidade. A combinação é muito maior do que no passe puramente magnético e seus efeitos bem mais salutares. Este é o tipo de passe que é aplicado nos centros espíritas, contando com a ajuda de equipes espirituais que trabalham nessa área, para ajuda dos necessitados.
 
Os benfeitores espirituais trabalham no momento do passe, atendendo aos encarnados e também ministrando eficiente socorro às entidades do plano espiritual. Eles agem aumentando, dirigindo e qualificando nossos fluidos.
Mas para que se possa contar sempre com a ajuda dos bons Espíritos, é necessário observar os cuidados sobre a depuração íntima de cada um dos que estão imbuídos do desejo de fazer o bem.

"...Para curar pela ação fluídica, os fluidos mais depurados são os mais saudáveis; desde que esses fluidos benéficos são dos Espíritos superiores, então é o concurso deles que é preciso obter. Por isto a prece e a evocação são necessárias. Mas para orar e, sobretudo, orar com fervor, é preciso fé. Para que a prece seja escutada é preciso que seja feita com humildade e dilatada por um real sentimento de benevolência e de caridade. Ora, não há verdadeira caridade sem devotamento, nem devotamento sem desinteresse" 
(Allan Kardec - Revista Espírita, Janeiro, 1864).
 
A TÉCNICA DO PASSE ESPÍRITA

Há uma certa discussão no meio espírita sobre como deveria ser aplicado o passe. Alguns defendem a tese de que os passes deveriam ser ministrados movimentando-se as mãos ao redor do corpo do indivíduo, de modo que as energias espirituais pudessem melhor atingir seus objetivos de cura, conforme as orientações inspiradas pelos estudos de Mesmer. Outros, acham que o ato de apenas impor as mãos sobre a cabeça de quem vai receber o passe já é suficiente. André Luiz nos informa em "Conduta Espírita" que o passe dispensa qualquer recurso espetacular. José Herculano Pires, no livro "Mediunidade", diz que o passe é tão simples que não se pode fazer nada mais do que dá-lo.

Allan Kardec, referindo-se ao assunto na Revista Espírita, número de Setembro de 1865, diz aos médiuns que: "Apenas sua ignorância lhes faz crer na influência desta ou daquela forma. Às vezes, mesmo, a isto misturam práticas evidentemente supersticiosas, às quais se deve emprestar o valor que merecem".

Oficialmente, a Doutrina Espírita não prescreve uma metodologia para o passe. Cada grupo é livre para se posicionar de um modo ou de outro, desde que sem exageros. Cada grupo deve ter o bom senso de trabalhar da forma que achar mais conveniente desde que dentro de uma fundamentação doutrinária lógica.
 
O que é preciso levar em conta é que nenhuma das duas formas de aplicar o passe surtirá efeito se o médium não tiver dentro de si a vontade de ajudar e condições morais salutares para concretizá-lo. Mesmo que se aplique a melhor metodologia, não se conseguirão bons resultados se o passista for pessoa de má índole.

O PASSE ESPÍRITA CURA?

Sim. Quando ministrado e recebido com fé, o passe é capaz de produzir verdadeiros prodígios. Ele têm como objetivo o reequilíbrio do corpo físico e espiritual. Mas é preciso esclarecer que a cura não acontece em todos os casos. Ás vezes, o bem do doente está em continuar sofrendo. Por isso devemos explicar, segundo a visão espírita, porque ficamos doentes, porque uns conseguem curar-se e outros não, etc. Para que os que não alcançarem a cura, não saiam decepcionados achando que o Espiritismo é uma religião de charlatães. Os Centros Espíritas precisam, ao lado do passe, propiciar os meios para que frequentadores conheçam a doutrina e se exercitem num trabalho íntimo de evangelização, para a conquista da saúde definitiva. No Cap. 21, do livro "Entre a Terra e o Céu" diz: "Um dia, o homem ensinará ao homem, consoante as instruções do Divino Médico, que a cura de todos os males reside nele próprio. A percentagem quase total das enfermidades humanas guarda origem no psiquismo. Orgulho, vaidade, tirania, egoísmo, preguiça e crueldade são vícios da mente, gerando perturbações e doenças em seus instrumentos de expressão."
Porque com a cura física, muitas pessoas se atiram de novo ao desregramento, voltando a se prejudicarem. Mas quem aprende que precisa se aprimorar espiritualmente na prática do Bem e nisso se empenha, quer alcance ou não a cura do corpo, encontrará o caminho para a cura verdadeira e duradoura, a manutenção do equilíbrio em seu espírito imortal. Portanto, empenhemo-nos em curar males físicos, se possível. Mas lembremos, porém, que o Espiritismo “cura sobretudo as moléstias morais”. Não queiramos dar maior importância à cura de corpos do que ao fim principal do Espiritismo, que é “tornar melhores aqueles que o compreendem.”

 CURSO DE APOMETRIA 2015
 INICIO DIA 06/04/2015 SEGUNDA-FEIRA  NO ALVORADA

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Aula com Nara 17/11/2014 penultima desse ano

Continuação da Aula anterior com Claudia ..


GRUPO HOSPITAL ALVORADA CURA

REVISÃO

Depois de montados os campos de força :

Quarta lei: Lei da Formação dos Campos-de-Força[editar | editar código-fonte]

Enunciado: "Toda vez que mentalizarmos a formação de uma barreira magnética, por meio de impulsos energéticos, através de contagem, formar-se-ão campos-de-força de natureza magnética, circunscrevendo a região espacial visada, na forma que o operador imaginou.
AZEVEDO, José Lacerda de. Espírito/Matéria: Novos horizontes para a medicina. Porto Alegre. Pallotti, 1988. Pp.131-132.



1º PASSO: LIMPEZA DOS CORPOS-
 Como num hospital no plano físico é necessário a limpeza, a esterilização antes de entrar na sala de cirurgia.
 
A concentração do médium é fundamental ao bom desenvolvimento do trabalho e a melhorar assim a comunicação com a espiritualidade ...Colocar a mão na mesa de cura ou colocar a mão na vassoura se com intenção de amor é a mesma coisa.
 
Indicado vir de roupas claras , mas sempre é plasmado no astral a troca de roupas para roupas brancas ...

ØRetirar aparelhos, implantes, chips, elementais negativos, etc.

 COMO:

ØSolicitar auxilio dos especialistas, enquadrar o “aparelho”, dar os comandos para desativar( -7,-6,-5....), após dar os comandos novamente para soltar, afrouxar, puxar o “aparelho”, e queimar este no incinerador; plasmar o incinerador antes de queimar, dar os comandos para transmutar , e devolver este aparelho ao seu reino de origem ( elemento fogo)



ØCriar um corpo branco ( esta é outra técnica de limpeza)  a 30 cm do corpo físico do paciente com a finalidade de incineração ( sempre dar a intenção : para fins de incineração ), passar tudo que não for divino ( implantes, chips, aparelhos, elementais negativos, energias deletéricas, vírus, bactérias, parasitas...),   do corpo físico para este corpo branco, após retirar o mesmo, plasmar novamente o incinerador  e queimar td que foi retirado, devolver o incinerador ao seu reino de origem ;
 

ØCortar fios de ligação com umbral e baixo umbral: cortando os fios de ligação ( pode usar seu cristal) de “nome completo do paciente”...e dar os comandos: 1,2, 3 ..

1º PASSO: LIMPEZA DOS CORPOS

ØLavar todos os corpos níveis e subníveis com água crística, águas salgadas de iemanjá, água de mamãe oxum...Também pode esterelizar e limpar o ambiente com água salgada (poder de limpeza) , tbem plasmar tubos e transmutar tudo em beneficio à natureza.


ØPassar chama violeta em todos os corpos níveis e subníveis dissolvendo, transmutando todas energias deletéricas...



IMPORTANTE: Plasmar tubos embaixo das macas dando os comandos que tudo que seja lavado, retirado dos paciente seja levado, escoado através dos tubos para as profundezas do mar sendo transmutado em benefício dele próprio


ØConectamos ao chackra coronário do paciente o tubo com líquido verde de cura, pedimos que esse líquido prencha todos os corpos já se iniciando o processo de cura. Colocamos o lençol verde da cura sobre o paciente e conectamos os raios da bola verde de cristal, dando os comandos para acoplar, conectar todos esses elementos.


SOMENTE APÓS TODO O PROCESSO DE LIMPEZA, O PACIENTE ESTÁ PRONTO PARA SER DESDOBRADO


2º PASSO: DESDOBRAMENTO DOS CORPOS ESPIRITUAIS

ØSolicitamos que a roupa do paciente seja trocada por uma vestimenta clara, branca , leve e que este seja desdobrado ao Hospital Alvorada ( tumor, cancer, leucemia, ala oncologia, ala depresao , etc ...), Caminhos de Luz ( Dr Euripedes trabalha com cristais), Aruandas, Hospital Padroeira Maria da Cruz, Templo dos Cristais, para a mata ( Emacow), Dr Moises com todos minerais do Mar, oleos de baleia, cavalo marinho  desdobra para Beira da Praia...entre outros, conforme o problema a ser tratado;


ØDar os comandos para o desdobramento contando de 1 a 7 e auxiliando com os pulsos energéticos;


ØColocando o paciente na maca e solicitando a presença dos médicos, especialistas, conforme o merecimento e a necessidade...;

Ø

APLICAMOS AQUI A 6º LEI DA APOMETRIA: LEI DA CONDUÇÃO DO ESPÍRITO DESDOBRADO, DE PACIENTE ENCARNADO PARA OS HOSPITAIS DO ASTRAL
 
Sexta Lei: Lei da condução do espirito desdobrado, de paciente encarnado para os planos mais altos, em hospitais do astral.
Enunciado: “Espíritos desdobrados de pacientes encarnados somente poderão subir a planos superiores do astral se estiverem livres de peias magnéticas”.
Técnica: Quando desejamos encaminhar ao plano astral, especialmente à hospitais espirituais, consulentes cujo corpo astral estiver envolvido em laços, amarras e toda sorte de peias de natureza magnética, colocadas por obsessores ou por sua própria mente enferma, faz-se necessário limpá-los. Isso se consegue, facilmente, pela ação dirigida dos médiuns desdobrados, ou por comandos do próprio diretor do trabalho. Nestes casos basta dar o comando mental, contando de 1 a 7, em raras exceções até 21, determinando a dissolução de todas as amarras.

 

DESDOBRAMENTO ANÍMICO OU APOMETRIA 

 
 



ØO QUE É APOMETRIA?

ØApometria é uma técnica de desdobramento anímico. 

ØO êxito da Apometria reside na utilização da faculdade mediúnica para entrarmos em contato com o mundo espiritual da maneira mais fácil e objetiva. 

ØEmbora não sendo propriamente uma técnica mediúnica, pode ser aplicada como tal, toda vez que desejarmos entrar em contato com o mundo espiritual.

ØO INÍCIO

ØDurante o ano de 1965, esteve em Porto Alegre, um psiquiatra porto-riquenho chamado Luiz Rodrigues e realizou palestra no Hospital Espírita, demonstrando uma técnica denominada Hipnometria, que vinha empregando nos enfermos em geral, obtendo resultados satisfatórios. 

ØO Dr. José Lacerda testou a técnica e utilizando a sua criteriosa metodologia,  aprimorou solidamente a técnica inicial e passou a chamá-la de apometria.  O termo Apometria vem do grego Apó - preposição que significa além de, fora de, e Metron - relativo a medida.  Representa o clássico desdobramento entre o corpo físico e os corpos espirituais do ser humano. 

Ø


OS NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA = corpos espirituais



ØTodo o agregado espiritual se divide em níveis de consciência, que nada mais são do que arquivos de memória, informações que o ser, no decorrer de toda a sua evolução arquivou. 

ØSão conhecimentos bons ou ruins, sentimentos como o amor ou o ódio, enfim, tudo o que possa servir para o crescimento espiritual e o aumento da capacidade de discernimento entre as coisas boas e más.

ØO cérebro físico não consegue interpretar por completo o conhecimento que os níveis de consciência detém, tornando a criatura encarnada, muito frágil e suscetível a traumas e complexos, que são gerados por informações de experiências mal sucedidas e, às vezes, trágicas.

ØNos fundamentando na multiplicidade das encarnações, pelas quais o homem passa, temos a absoluta certeza de que muitas dessas experiências boas ou más, de alguma forma, em maior ou menor grau, conseguem ser interpretadas pelo cérebro do encarnado, na forma de fantasias, pensamentos, desejos, frustrações, automatismos, etc.

ØO cérebro físico, repassa muitas vezes ao ser encarnado, de forma muito mascarada, traumas de uma encarnação anterior muito conturbada e cheia de más experiências que se refletem na presente encarnação de formas diversas, tais como, sensações e complexos que se não forem reciclados a tempo,    poderão proporcionar, ao encarnado, grandes distúrbios, tanto de ordem mental  como de ordem física.   


O QUE É DESDOBRAMENTO MÚLTIPLO

ØO Desdobramento Múltiplo é a técnica de desdobramento e incorporação em separado de cada corpo ou nível de que se compõe o agregado espiritual. 


ØO processo é simples, basta desdobrar o paciente pela técnica da Apometria e proceder à primeira incorporação, que quase sempre é o duplo etérico envolvendo e trazendo em si os demais corpos do espírito. 

Ø

ØAplica-se energia na cabeça do médium incorporado comandando-se o desdobramento e incorporação do segundo corpo em outro médium, usa se a mesma técnica para o terceiro e quarto. 

Ø

ØComo forma de verificação se os corpos estão desdobrados focalizamos com a mente, os cordões de ligação dos corpos e aplicamos energia, tracionando-os, se os médiuns acusaram imediatamente uma sensação desagradável na nuca, algo como um puxão acompanhado de dor é porque estão desdobrados. 

Ø

CORDÃO DE PRATA

ØO períspirito é ligado ao corpo físico por um apêndice energético conhecido como cordão de prata, através do qual é transmitida a energia vital para o corpo físico. 

ØEm contrapartida, o cordão de prata também conduz energia do corpo físico para o períspirito, criando um circuito energético de ida-e-volta. 

ØEsse Inter fluxo energético mantém os dois veículos de manifestação em relação direta, independentemente da distância em que o períspirito estiver projetado. 

ØEnquanto os dois corpos estão próximos, o cordão é como um cabo grosso. À medida que o períspirito se afasta das imediações do corpo físico, o cordão torna-se cada vez mais fino e sutil.

ØO cordão de prata é um feixe de energias, um emaranhado de filamentos energéticos interligados. 

ØQuando ocorre a projeção, esses filamentos energéticos, que estavam embutidos em toda a extensão do corpo físico, projetam-se simultaneamente de todas as partes dele e se reúnem, formando o cordão de prata.  Os principais filamentos energéticos são aqueles que partem da área da cabeça.

COMO SE PROCESSA MECANISMO DA APOMETRIA

A apometria vem para nos proporcionar uma melhor qualidade de vida.

3º PASSO:APLICAÇÃO DAS TÉCNICAS APOMÉTRICAS E TÉCNICAS DE CURA
 
 
 
                                     ORAÇÃO DA CURA
 
Querido Deus- pai e mãe, peço para
sermos banhados e iluminados pela luz
branca de Cristo, a luz verde da cura, e a
violeta da transmutação.
Pelo bem superior e dentro da verdade
divina, peço que todas as vibrações
dissonantes sejam removidas, encerradas
em sua própria luz, levadas a fonte para
serem purificadas, não retornando mais
para nós, ou qualquer outra pessoa.
Peço para sermos utilizados como canais
para cura de nossos irmãos que aqui
vieram em busca de auxílio.
Estamos procurando o bem superior
desses nossos irmãos de acordo com as
suas vontades e a vontade de Deus.
Peço que esta sala seja inundada de luz,
que nossos irmãos sejam rodeados de
luz.
Peço a proteção do tríplice escudo da luz
branca de Cristo.
Neste momento, aceitamos essas forças
de cura que atuam em nós ou através de
nós, aceitando apenas aquilo que está a
serviço da vontade divina.
Queremos expressar nossa gratidão por
todas as bênçãos que recebemos,
acompanhadas da manifestação da cura.
Que assim seja!
 
 

 

ØNesta etapa devemos aplicar a técnica adequada para cada caso, conforme o Livro A Cura pelos Cristais.

 
trecho do livro A Cura pelos Cristais :
 
A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO
 
Para todos os grupos que praticam a Apometria,
sem o aprofundamento do estudo, somente boa
vontade não basta, não obtendo resultados satisfatórios
e levando todo o trabalho a fracasso.
Quanto mais aprendemos, mais desencarnamos
das nossas ignorâncias.
Gostaríamos de enfatizar que é de suma
importância, o estudo entre os grupos de trabalhos
espirituais. Pois os mentores e as equipes espirituais
estão sempre nos passando novos conhecimentos, e
não podemos nos esquecer dos princípios básicos para
um bom desenvolvimento espiritual e prático da
apometria, suas leis, os corpos, as técnicas, etc., enfim,
todo o conhecimento que é pedra de fundamento
sobre a qual se estrutura todo e qualquer trabalho
apométrico, Por isso, o estudo é fundamental, pois
cada vez que estudamos absorvemos mais
conhecimento, aumentando o potencial de
desenvolvimento e aperfeiçoamento de nosso trabalho,
sem contar a importância do esforço de cada um em
buscar desenvolver as virtudes necessárias para um bom
desempenho, tanto no trabalho espiritual como na vida,
como ética, paciência, a humildade, amor fraterno,
tolerância, caridade, etc.
E como o aprendizado nunca cessa, sabemos que
nossa condição neste planeta é de sermos aprendizes, até
que aprendendo todas as lições e transcendido todas as
experiências, passamos para um próximo nível de
aprendizado, e assim sucessivamente até a eternidade
 

 

“POR ISSO DEVEMOS SER ESTUDANTES ETERNOS, POIS SOMENTE FAREMOS UM BOM TRABALHO SE FORMOS CONHECEDORES DAS TÉCNICAS APOMÉTRICAS E DE CURA”


4º PASSO: ACOPLAMENTO DOS CORPOS

ØAo finalizar o trabalho, os corpos espirituais em desdobramento devem ser acoplados ao corpo físico novamente;

ØVia de regra, há reintegração espontânea em poucos minutos (mesmo sem comando); não existe o perigo de alguém permanecer desdobrado, pois o corpo físico exerce atração automática sobre o corpo astral.

Ø Apesar disso não se deve deixar uma pessoa desdobrada, ou, mesmo, mal acoplada, para evitar ocorrência de indisposições de qualquer natureza, ainda que passageiras. 

ØAssim, ao menor sintoma de que o acoplamento não tenha sido perfeito, ou mesmo que se suspeite disso, convém repetir o comando de acoplamento e fazer nova contagem.

ØDesconectar o tubo com líquido verde do chackra coronário,

Ø

ØFluidificar a água do paciente e orientar o mesmo a como usá-la.

Ø

APLICAMOS AQUI A 2º LEI DA APOMETRIA: LEI DO ACOPLAMENTO FÍSICO
 
Segunda Lei: Lei do acoplamento físico
Enunciado: “Toda vez que se der um comando para que se reintegre no corpo físico o espírito de uma pessoa desdobrada, (o comando se acompanhado de contagem progressiva) dar-se-á imediato e completo acoplamento no corpo físico”.
Técnica: Se o espírito da pessoa desdobrada estiver longe do corpo, comanda-se primeiramente a sua volta para perto do corpo físico. Em seguida projetam-se impulsos (ou pulsos) energéticos através de contagem, ao mesmo tempo que se comanda a reintegração no corpo físico.
Comentários: Caso não se complete a reintegração plena, a pessoa pode sentir tonturas, mau estar ou sensação de vazio que pode durar algumas horas. Via de regra, há reintegração espontânea e em poucos minutos, mesmo sem qualquer comando. Não existe o perigo de alguém permanecer desdobrado, pois o corpo físico exerce poderosa atração automática sobre o corpo astral. Em alguns casos muito especiais, mesmo com médiuns bem treinados, pode ocorrer alguma demora para que ocorra a plena reintegração. Nestes casos segura-se a pessoa pelas mãos e conta-se novamente de 1 a 7, chamando-a pelo nome e determinando, com energia amorosa, que retorne ao corpo físico.

 
 
Palestra, passe, água fluidificada e leitura (esclarecimento)
 
Todo tratamento é 50% atendimento e 50% a parte do paciente ( ex modificação interior)
 
"A melhora do paciente é nossa maior recompensa, o que nos motiva .."
 
 
 
ESQUEMA DOS CORPOS ESPIRITUAIS
 
 



aula prática na maca e palestra com Rudi ...

Desenrolar o carretel e tecer a malha= apometria na prática ...





sugestao de leitura

http://revistaplaneta.terra.com.br/secao/grandes-reportagens-planeta/ian-stevenson-o-cacador-de-vidas-passadas


 
De Aruanda – estância do Astral Superior de onde se focalizam os elevados mentores do movimento umbandista no planeta –, Ramatís e Babajiananda, dois mestres orientais de milenar afinidade, trazem novo aprofundamento à temática Umbanda e Apometria, iniciada com as obras Evolução no Planeta Azul e Jardim dos Orixás.
Babajiananda relata as vivências com seu guru ancestral, que o mundo conhece como um dos mais sublimes iniciados do planeta. Esclarece a natureza e a diferença das iniciações da Grande Fraternidade Branca e aquelas dos médiuns da umbanda – assunto tão pouco conhecido como freqüentemente distorcido.
Temas de crucial interesse, não só para umbandistas e apômetras como para todos os estudiosos da espiritualidade, são dissecados com a peculiar objetividade de Ramatís. A vida mental, formas de pensamento, a força mental e magnética, mecanismos da magia, magnetização de objetos, rituais, mecanismos de atendimento à distância, entre outros.
Com seu característico empenho em desvendar novos territórios além do já sabido, aprofunda conhecimentos sobre o eu superior e inferior e os veículos do homem, desfaz equívocos sobre a dinâmica dos trabalhos apométricos, particulariza a natureza, contextura e atuação dos sete corpos, e define realidades concernentes aos espíritos da natureza e sua participação nas lides apométricas e umbandistas.
Os estudos de caso incluídos na obra são fascinante roteiro de estudo prático dos fenômenos e patologias peculiares ao universo da apometria.
Este terceiro volume da trilogia Apometria e Umbanda é um convite ao aprofundamento da consciência e da atuação dos trabalhadores dessas duas áreas afins.


 ÚLTIMA AULA DESSE ANO
SEGUNDA DIA 01/12/2014 COM SINDIA ...

ALUNOS TRAGAM COMES E BEBES PARA CONFRATERNIZAÇÃO

REINICIO AULAS MARÇO/2015